Confira abaixo o áudio e as letras dos sambas

Salgueiro 2022: confira os sambas classificados para a etapa deste sábado

Está chegando a hora de conhecer o hino dos Acadêmicos do Salgueiro para o carnaval 2022. Em uma disputa que começou em setembro do ano passado, quando 24 composições se inscreveram com o sonho de ilustrar o enredo “Resistência”, apenas três obras chegaram à etapa final após uma noite emocionante de eliminatória realizada no último sábado.

Abrilhantando a noite, Lucas Penteado e MC Rebecca prestigiaram o duelo dos compositores e confirmaram a participação no desfile que está sendo desenvolvido pelo carnavalesco Alex de Souza.

Os três finalistas do concurso são:

 

COMPOSITORES: XANDE DE PILARES, DUDU BOTELHO, MIUDINHO DO
SALGUEIRO, BETINHO DE PILARES, JASSA, MIGUEL DIBO, W CORREA
INTÉRPRETE: ZÉ PAULO SIERRA

 

NO MORRO ONDE O SAMBA É DIALETO
TOCA O BANJO DO “GUINETO”
CHAMA “PAULA” DE GUERREIRA
NO FORRO, ONDE O NEGRO DÁ NO COURO
QUEM APITA É “MESTRE LOURO”
PROFESSOR É “NOEL ROSA DE OLIVEIRA”
PELAS VIDAS REVENDIDAS NO LEILÃO
NO VALONGO SUFOCADO PELA ARGOLA DA OPRESSÃO
TANTAS VOZES NA MISÉRIA DO CORTIÇO
TANTOS GRITOS DE EXCLUÍDOS E CAMBAIOS
NESSA ABOLIÇÃO QUE É TÃO FAJUTA ONDE O NEGRO SÓ LABUTA
AINDA É 12 MAIO

 

NASCEU LIBERDADE NO VENTRE MATAMBA
PRA ALGUNS ENTIDADE, PRA NÓS ORIXÁ
A IDENTIDADE, DE KETO E ANGOLA
É O CHÃO DA ESCOLA DE “BABÃO” E “ANESCAR”
NASCEU LIBERDADE NO VENTRE MATAMBA
PRA ALGUNS ENTIDADE, PRA NÓS ORIXÁ
A MÃE TEMPESTADE, A PEDRA QUE ROLA,
QUE EMBOLA E DESEMBOLA
AO CANTAR MEU “SABIÁ”

 

Ê CAMARÁ Ê CAMARÁ
EU FUI BATIZADO NA RODA DE CAPOEIRA
RESISTIR É MEU LEGADO
EXISTIR MINHA BANDEIRA
SIGO DE PUNHO CERRADO
COM XANGÔ REI DA PEDREIRA

 

ÔÔ ÔÔ MOCAMBO DA RAÇA
NÃO TEME A MORDAÇA
SÓ TREME AFOXÉS
ÔÔ ÔÔ SENTINELA DO PRECEITO

 

“BALA” CONTRA O PRECONCEITO
“CALÇA LARGA” SOBRE OS PÉS

 

OS PÉS QUE RISCAM ESSE CHÃO SAGRADO
MOSTRANDO AO MUNDO O SEU GINGADO
DANÇANDO SEUS BATUCAJÉS
ONDE EU NASCI E FUI CRIADO
SALGUEIRO MEU TORRÃO AMADO

 

NÃO TEM CHAVE OU CADEADO
NEM CORRENTE DA SENZALA
MEU QUILOMBO É ENCARNADO
PRETA VOZ QUE NÃO SE CALA                                      BIS
QUANDO EU PEGO NO GANZÁ
“ISABEL” VAI PRO TERREIRO
ARREDA QUE LÁ VEM SALGUEIRO!!!