Voltar

Profissional chega à vermelha e branca na expectativa do seu primeiro título solo no Grupo Especial

O sexto lugar no desfile de 2022 não desmotivou os Acadêmicos do Salgueiro. A escola, que cantou a Resistência cultural preta no primeiro carnaval pós pandemia, contratou novo carnavalesco para iniciar os trabalhos em busca do título que não vem desde 2009.

Para executar a missão, o presidente André Vaz traz Edson Pereira que, nos últimos três carnavais, foi o responsável pelo projeto artístico da Unidos de Vila Isabel e da Unidos de Padre Miguel, na Série Ouro. “O Salgueiro é o sonho de qualquer carnavalesco e vejo nesta oportunidade , mais um degrau profissional. É uma escola com energia sem igual e quero chegar para agregar”, comenta o novo contratado, que tem em seu currículo passagens pela Viradouro e Mocidade, onde foi campeão ao lado de Alexandre Louzada.

Segundo André Vaz, a chegada do novo carnavalesco é mais uma aposta na busca do décimo campeonato. ” O Edson desenvolveu excelentes trabalhos nas escolas por onde passou e esperamos que ele nos apresente um projeto com DNA Salgueirense para que a gente, enfim, leve esse título. Temos apresentado bons enredos, nossa equipe é forte e sabemos que o campeonato virá” , finalizou.


Comentários...


  • Compartilhe:


Você também vai gostar de ver...

  • Sandro Luiz leva cânticos umbandistas ao palco do Acadêmicos do Salgueiro com show ‘Tem que ter fé’

    14/06/2024

  • De corpo fechado: Acadêmicos do Salgueiro entrega sinopse em noite marcada pela emoção e espiritualidade

    06/06/2024

  • Concurso “Carnavalesco Aprendiz!” para revelar novo talento do Aprendizes do Salgueiro avança com 15 jovens para a etapa final

    31/05/2024

  • Acadêmicos do Salgueiro participa da confecção de tapetes de Corpus Christi na Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro

    31/05/2024

Voltar